Quem parou de contribuir para o INSS ainda tem direito a algo?

Quem trabalha de carteira assinada passa ou solicita o INSS autônomo passa a ter direitos como trabalhador, mas em alguns casos, esta contribuição pode vir a ser interrompida. Nessa situação, resta a dúvida: Quem parou de contribuir para o INSS ainda tem direito a algo? Se você quer entender mais sobre o assunto, leia o texto a seguir e descubra as funções do MEU INSS.

Parar de contribuir com o INSS nem sempre quer dizer que você vai perder tudo que já cumpriu. No geral, vai depender de cada situação a permanência de alguns direitos.

Quem estiver dentro dos critérios de recebimento de benefícios, poderá realizar então o agendamento de perícia INSS. Este atendimento fica disponível para vários tipos de serviço, mas não serão todos que o contribuinte que deixou de cooperar com INSS poderá utilizar.

Aposentadoria

Quando você começa a trabalhar por intermédio da carteira assinada, passa a ser descontado automaticamente pela taxa da aposentadoria. Se você parar de contribuir por intermédio de alguma casualidade, como o desemprego, por exemplo, vale lembrar que as contribuições feitas não são perdidas.

Os meses de contribuição ficam salvos e quando você voltar a trabalhar, voltará também a somar ao valor já prestado e continua com o direito da aposentadoria.

Aposentadoria por idade

No caso de quem já mínima para se aposentar, sendo 65 anos para homens e 60 para mulheres, deverá também ter o número mínimo de contribuições, sendo 180 mensalidades.

Se a pessoa tiver a idade necessária, mas não tiver contribuído com o número preciso de contribuições, ele poderá realizar o pagamento das mensalidades que estão faltando mês a mês, e então solicitar o benefício.

Quem já está próximo de cumprir ambos os requisitos, deve verificar a tabela INSS 2021 e se informar sobre este direito tão importante para o trabalhador brasileiro.

Período de graça

Este período é corresponde ao tempo em que o funcionário deixou de cumprir com o INSS mas continuou com cobertura total de seus direitos, como por exemplo, aposentadoria, auxílio-doença, entre outros. Geralmente, este lapso de tempo dura entre 3 meses e 3 anos.

Pensão por morte

Este tópico é voltado para os contribuintes que já tinham cumprido as mensalidades necessárias e possuía idade mínima, mas não requereu o benefício devido à falência.

Neste caso, os dependentes do assegurado podem fazer o requerimento com a prestação de documentos que comprovem o parentesco e a contribuição com o INSS. Basta ir até uma unidade do órgão responsável e se informar.

Pessoas empregadas podem receber o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa social importante que auxilia diversas famílias brasileiros. O funcionamento do programa ainda é uma dúvida para muita gente, que não sabe quem possui direito ou não ao recurso.

Você sabe se uma pessoa empregada tem direito a solicitar a bolsa? Esta e outras dúvidas poderão ser esclarecidas no texto a seguir.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda, e isto quer dizer que as famílias selecionadas passam a receber um auxílio financeiro mensal direto em uma conta bancária promovida pelo benefício.

O objetivo do programa é garantir que as necessidades básicas da família sejam cumpridas, como por exemplo, acesso à vestimenta, alimentação, transporte, entre outros.

Quem solicitou o a participação no programa, deve aguardar a aprovação e estar atento ao calendário Bolsa Família 2021 que estará especificando as datas de pagamento para as famílias beneficiadas.

Mas afinal, quem pode receber?

Existem duas categorias que classificam as famílias do programa e para ter direito a receber, você deve estar de acordo com os requisitos de cada uma. Confira:

  • Para famílias que se encontram em situação de pobreza extrema, é necessário possuir renda mensal de até R$89,00 por pessoa.
  • Para famílias que se encontram em situação de pobreza, é necessário possui renda mensal entre R$89,01 e R$177 por pessoa.

As exigências do Bolsa Família são socioeconômicas e garantem um valor base para os beneficiados. Entretanto, a família tem direito ainda a acumular 5 benefícios, acrescentando uma soma ao valor do Bolsa Família 2020.

Confira a seguir algumas possibilidades de benefícios oferecidos pelo Bolsa Família aos núcleos participantes:

  • Auxílio financeiro para cada filho de até 15 anos;
  • Auxílio para filhos dependentes entre 16 e 17 anos;
  • Auxílio para mulheres gestantes da família registradas no programa;
  • Entre outros.

E uma pessoa empregada, recebe a bolsa?

A grande dúvida é em relação ao recebimento do recurso para aqueles qe trabalham. Bem, a família pode continuar recebendo o auxílio sim, isto se a renda exigida pelas categorias do Bolsa Família esteja sendo cumprida.

Ou seja, a renda mensal para cada membro deve continuar sendo equivalente a até R$177. Mas isto é relacionada aos trabalhos individuais e não formais.

Quem trabalha através da carteira assinada, por exemplo, não poderá mais receber o auxílio do Bolsa Família, pois a remuneração base para quem trabalha pela CLT é de um salário mínimo. Essa remuneração desclassifica a família das condições do programa, pois já não é considerada a situação de pobreza absoluta.

Seleção para financiamento estudantil em instituição de ensino superior

Está em uma instituição de ensino superior é o sonho de muitas pessoas pelo muito. E com a seleção FIES 2021 você está se candidatando a vagas oferecidas pelo programa, para financiar seu curso. E sabendo que como todos os programas, têm suas regras, para estar de acordo com a seleção FIES 2021 também é preciso seguir as suas. Com as mudanças que ocorreram recentemente, um público ainda maior pode ir em busca de financiamento estudantil.

Então, se é do seu interesse participar da seleção FIES 2021, você chegou ao caminho certo. Pois reunimos nesse texto, as principais informações sobre como você pode se inscrever no maior programa de financiamento do Brasil. Continue lendo e saiba como está prosseguindo!

FIES 2021

O Fundo de Financiamento Estudantil vem se tornando cada vez maior entre os estudantes de ensino superior. Criado pelo Governo Federal, ele oferece financiamento estudantil para quem não tem condições de custear suas mensalidades.

Com a adesão de novas regras estabelecidas pelo financiamento, mais jovens podem fazer parte da seleção FIES 2021. Isso porque elas estão separadas por cada categoria de renda. E de acordo com esses requisitos, o aluno poderá solicitar sua bolsa até do decorrer do seu curso. Basta está precisando!

Quem pode participar da seleção FIES 2021

Para estar de acordo com o FIES seleção 2021, é preciso checar os detalhes de cada modalidade. E para que consiga se inscrever, é necessário que o participante tenha realizado uma das edições do Enem, a partir de 2010. Como ela é usada para a classificação, os alunos devem ter:

  • Obtido no mínimo 450 pontos gerais;
  • E não pode ter zerado sua redação.

Ciente disso, é preciso que o aluno se encaixe em suas seguintes modalidades:

  • FIES: as vagas oferecidas para essa modalidade são destinadas aos jovens que comprovem renda familiar em até 3 salários mínimos por pessoa, com taxa zero em seus juros;
  • P-FIES: já para essa nova modalidade, as vagas são oferecidas para os candidatos que têm entre 3 até 5 salários mínimos por pessoa em sua renda familiar.

Como se participar da seleção FIES 2021

Já sabendo das condições em que precisa se enquadrar para participar do financiamento, é preciso seguir com suas inscrições. É através desse passo que você consegue se candidatar a uma vaga disponível com as inscrições FIES 2021. Elas são feitas totalmente online, da seguinte maneira:

  • Entre no site do Fies, clicando aqui;
  • No menu esquerdo, escolha a opção de primeiro acesso;
  • Em seguida, preencha corretamente os campos solicitados;
  • Escolha um e-mail válido e senha para login;
  • Selecione a opção de segurança e encerre o procedimento clicando em ‘Enviar’.

Você estará recebendo um e-mail para confirmar seu cadastro. E assim que fizer isso, poderá se candidatar a vaga que deseja concorrer a seleção FIES 2021.

Calendário FIES

Você pode fazer sua inscrição em qualquer época do ano. Mas só poderá fazer sua inscrição para o FIES seleção 2021 dentro do período, de acordo com as datas previstas. Assim que essas datas foram divulgadas, manteremos você atualizado. por enquanto, confira as da última edição:

  • Início das inscrições: 05 de fevereiro de 2019;
  • Encerramento: 12 de fevereiro de 2019.

Seleção FIES 2021

Junto com as novas regras estabelecidas recentemente, a forma como hoje é feita a seleção FIES 2021 passou a ser diferente. E para que você consiga fazer parte do programa fique atento detalhes.

Embora não seja regra, é dado prioridade aos candidatos que:

  • Não concluíram o ensino superior e não nunca tiveram financiamento estudantil;
  • Não concluíram o ensino superior, já passaram pelo financiamento estudantil e já pagaram suas dívidas com o programa;
  • Já tenham concluído o ensino superior, já passaram pelo financiamento estudantil e já pagaram suas dívidas com o programa.

Sabendo que os números de vagas podem ser diferentes entre os cursos, caso haja algum empate, os critérios para desempatar são:

  • nota mais alta na redação;
  • nota mais alta na prova de linguagens;
  • nota mais alta na prova de matemática;
  • nota mais alta na prova de ciências da natureza;
  • nota mais alta na prova de ciências humanas.

Lista de espera FIES 2021

Para os candidatos que não foram selecionados, existe mais uma chance com a lista de espera FIES 2021. Diferente de outros programas, não é preciso declarar interesse para participar. Os que não foram aprovados são incluídos automaticamente.

É preciso que você esteja sempre acompanhado sua inscrição nesse período. Caso você faça parte dos selecionados, você deve prosseguir com sua inscrição, como fiz no portal.

QUAIS AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE A DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA E JURÍDICA?

O Imposto de Renda é obrigatório e deve ser declarado anualmente por quem se encaixa nos requisitos do mesmo. Você já deve saber que o IR se divide em duas modalidades, são elas o IR para pessoa física e o IR para pessoa jurídica.

Nem todo mundo sabe diferenciar estas modalidades do Imposto de Renda. E se você querer entender melhor as principais diferenças entre elas, confira o texto abaixo e fique por dentro:

O que é o Imposto de Renda?

O imposto de renda é uma declaração anual dos investimentos tributáveis que deve ser minunciosamente realizado e pago pelo contribuinte. A declaração é muito importante e precisa ser realizada anualmente.

O IR se divide em duas categorias de declaração: o IRPF, que corresponde ao Imposto de Renda para Pessoa Física, e o IRPJ, que corresponde ao Imposto de Renda para Pessoa Jurídica, no caso das empresas.

Além da declaração obrigatório, ambos devem fazer as deduções dos tributos. Vale lembrar que existem requisitos para definir o que pode ser deduzido do IR ou não. Não cumprir com as regras do imposto pode levar o contribuinte ou empresário a cair na malha fina. Por isso, é importante ficar bastante atento na hora de deduzir as despesas.

Mas afinal, o que difere esta divisão? Estas categorias do imposto de renda são bem diferentes e para entender melhor cada uma delas, continue lendo:

Quais as principais diferenças para pessoa física e pessoa jurídica?

Número de Inscrição

Mesmo tendo as suas semelhanças, a PF e a PJ são juridicamente diferente. A pessoa física irá dispor de um número de CPF, cadastrado na Receita Federal. Enquanto isso, a pessoa jurídica possuirá um número de inscrição diferente, denominado CNPJ.

Restituição do Imposto de Renda

Quando o contribuinte paga o imposto e os cálculos de deduções de tributos é realizado, pode ser que ele tenha pago a mais ou a menos pelo IR. Neste caso, pode ocorrer a restituição IR. Ambas as categorias tem direito ao recurso, mas para pessoa jurídica a restituição é mais burocrática.

Prazos Diferentes

Como você já deve saber, existe um prazo limite, estipulado pela Receita Federal, para realizar a declaração do seu imposto de renda. Estas datas são diferentes para pessoa física e pessoa jurídica.

Alíquotas Distintas

As alíquotas de cada imposto são recolhidas de maneira singular. Para a pessoa jurídica, o valor é calculado a partir de diferentes formas de lucro, podendo variar entre 6 e 15%.

Teste Vocacional ajuda você a iniciar um novo ciclo da vida

A sensação de estar perdido para iniciar um próximo ciclo da vida é normal. Decidir sua profissão é algo sério. Você já pensou em fazer um teste vocacional grátis? O objetivo é identificar as áreas que mais combinam com a sua personalidade. Veja como fazer o teste vocacional grátis.

O que é o Teste Vocacional?

O teste vocacional é composto por um conjunto de questões sobre a personalidade de alguém. O seu objetivo é o de orientar aqueles que não sabem qual área do mercado de trabalho devem seguir.

Ao decorrer do teste o indivíduo vai respondendo perguntas sobre o seu comportamento, modo de pensar, qualidades e defeitos. E no fim o sistema identifica quais são os cursos e as áreas compatíveis com o seu perfil.

Mas é importante lembrar que nenhum teste dá como resultado final imposições do tipo: “Você deve fazer medicina” ou “Você será um engenheiro”. Já que a decisão conclusiva é exclusivamente do futuro estudante. Esta ferramenta apenas fará orientações.

Após realizar o teste vocacional e decidir qual curso você quer cursar, é possível concorrer a uma oportunidade no Educa Mais Brasil 2021. O programa é uma excelente iniciativa para os jovens e adolescentes que desejam dar continuidade aos estudos.

A inscrição Educa Mais Brasil 2021 ocorre no site oficial do programa e oferece a chance de bolsas de estudos de até 70%. Acesse e tenha mais informações.

Quando devo fazer um Teste Vocacional?

Não há um público alvo exclusivo para realizar um teste vocacional. Ele pode ser feito por uma pessoa que deseja retomar os estudos. Ou, como na maioria dos casos, por um recém-formado no Ensino Médio. O jovem costuma identificar pelo menos 3 áreas que deseja atuar. E na maior parte dos casos elas são diferentes. Nasce daí a necessidade de uma orientação mais precisa.

Ainda assim, mesmo que já tenha pré-determinado o que sonha cursar pode ser interessante fazer o teste para confirmar sua decisão ou quem sabe descobrir novas áreas. Hoje em dia com a facilidade tecnológica, o estudante pode fazer o seu teste vocacional de um aparelho com internet e em qualquer lugar.

Áreas de atuação x Perfil do estudante

Afinal, como é dado o resultado do teste vocacional? O sistema faz a relação entre as áreas de atuação e o perfil do estudante. Relacionando as características dos dois. As questões normalmente são sobre o desempenho nas matérias da escola, o desenvolvimento de trabalhos em grupo, o gosto por leitura e/ou por contas matemáticas. Enfim, situações que mostrem o que mais se encaixa ao perfil daquele jovem.

Com o resultado a divisão costuma ser assim:

Humanas: indicada para pessoas que gostam de interação com outras pessoas. Comunicativas, possuem interesses em áreas que atingem a sociedade e têm raciocínio verbal. Exemplo: jornalismo, psicologia, serviço social, pedagogia.

Exatas: pessoas com raciocínio lógico e matemático. Pesquisadores da área da física. Que gostam de desenvolver problemas matemáticos e cálculos. Exemplo: ciências contábeis, engenharia, estatística, física.

Biológicas: destinada a pessoas que possuem interesse no funcionamento do corpo. Que pesquisam sobre o ciclo da vida, a fauna e a flora. Exemplo: biologia, enfermagem, estética, educação física, medicina.

Teste Vocacional Grátis

Alguns sites oferecem teste vocacional grátis e online. De forma gratuita. Basta responder aos questionamentos apresentados que o próprio sistema identifica as profissões que poderão te agradar.

São alguns exemplos de portais confiáveis que realizam a orientação: As respostas com valor 1 representam pouca relação com o seu perfil. Enquanto que as com valor 5 estão de acordo com as suas características. Você pode assinalar a média entre elas.

Como conseguir uma vaga na USP?

o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), é um programa do Governo Federal em parceria com o Ministério da Educação (MEC), que oferece vagas em universidades públicas sem a necessidade de prestar o vestibular tradicional.

Mas será que é possível conseguir uma vaga na Universidade de São Paulo (USP), uma das mais concorridas universidades do País, com o Sisu? A USP aderiu ao Sistema de Seleção Unificada desde janeiro de 2016 para preencher uma parte das vagas existentes. Já o curso de medicina no campus da USP nas Clínicas aderiu pela primeira vez ao Sisu neste ano.

É possível conseguir uma vaga na USP pelo SISU?

Por meio deste sistema, os candidatos fazem a inscrição na vaga Sisu que escolherem entre os cursos disponíveis, utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior. O Sisu seleciona os candidatos mais bem classificados de cada curso e analisa os pesos atribuídos às notas ou se existe bônus.

Um dos critérios para participar desse Sistema Unificado é que o candidato não tenha zerado a redação. O processo seletivo é totalmente automatizado e a inscrição é feita gratuitamente e exclusivamente pela internet. A seleção acontece duas vezes por ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo.

Para se inscrever, o participante precisa do número de inscrição e a senha do Exame Nacional do Ensino Médio do ano anterior. Também é possível selecionar duas opções de curso dentro das vagas disponíveis. O candidato também deve selecionar a modalidade de concorrência (ações afirmativas, ou seja, cotas, ou ampla concorrência).

Não é necessário comprovar a renda familiar e também não existe limite de idade para se inscrever. Caso sobrem vagas, quem não passou nas duas chamadas do Sistema pode se inscrever na lista de espera.

Na primeira edição do Sisu de 2018 para a Universidade de São Paulo, foram destinadas 1.312 vagas para alunos de escola pública (EP), 1.010 para candidatos de escola pública que se declaram preto, pardo ou indígena (EP/PPI) e 423 para ampla concorrência.

A nota mínima mais alta exigida para USP pelo Sisu de 2018 foi no curso de Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística (IME).

Segundo o Conselho Universitário da USP, nos próximos três anos, as vagas para estudantes de escola pública e para os candidatos autodeclarados preto, pardo ou indígena serão ampliadas de forma gradativa.

Em 2019, a porcentagem de cada curso de graduação será de 40% em 2020, 45%; e a partir de 2021 todos os anos, os candidatos terão 50% das vagas por curso e turno.

Programa oferece utilização da nota do Enem para ingresso no Ensino Superior

O Sistema de Seleção Unificada, mais conhecido como SISU, foi criado para facilitar a utilização da nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), por parte dos estudantes brasileiros que desejam ingressar em alguma instituição do ensino superior público por meio da lista de espera SiSu 2020.

Voltado para quem deseja disputar vagas de cursos concorridos de algumas das universidades públicas de maior renome e de mais qualidade, o SISU desperta mais interesse a cada ano que passa, atraindo as atenções de estudantes de todo o Brasil.

De sistema simples, que tem uma etapa única de inscrição, que é feita pela internet, e que apresenta uma nota de corte que é atualizada diariamente, permitindo aos estudantes candidatos acompanhar ao longo do processo qual é sua classificação parcial, o SiSu 2020 também disponibiliza de uma segunda chance, chamada de Lista de Espera, que nós vamos conhecer melhor nas próximas linhas deste artigo.

Lista de Espera Sisu 2020

Além da chamada regular do SISU, existe também uma segunda chance, que é conhecida como a Lista de Espera SISU, que permite ao estudante que não conseguiu ficar dentro da nota mínima de corte para o curso por ele desejado ter uma nova oportunidade.

Sempre que algum estudante desistir de uma vaga, ou pela não entrega dos documentos necessários para confirmar a matrícula, ou por simplesmente não respeitar os prazos estipulados, a vaga ociosa é direcionada a quem se encontra nesta Lista de Espera.

No entanto, é importante para os estudantes saber que seu funcionamento não é automático, sendo fundamental que haja atenção por parte deles, para que os procedimentos sejam feitos de modo eficiente, garantindo a participação dele na Lista de Espera do SISU.

Somente os estudantes que não foram selecionados na primeira opção de curso durante a chamada regular poderão participar desta Lista de Espera. Já no que diz respeito aos que foram selecionados na segunda opção, a eles é aberta a possibilidade de participar da inscrição desta nova etapa.

Outro ponto importante reside no fato de que só será permitido ao estudante participar da Lista de Espera seguindo a primeira opção de curso que foi por ele informada no momento em que a inscrição foi realizada.

Inscrição para a Lista de Espera

De processo bastante simples, a participação da Lista de Espera SISU 2020, no entanto, não é algo automático, e por conta disto, como já foi dito anteriormente, exigirá atenção máxima por parte do estudante, para que não perca esta oportunidade por pura desatenção.

O boletim do candidato existente na página oficial do SISU, que é a:

  • sisu.mec.gov.br;
  • Deverá ser acessado pelo candidato, e logo na tela inicial, na qual está a opção de curso feita no momento da inscrição.

Lá o estudante deverá clicar em “participar da lista de espera”, sendo que logo em seguida, uma mensagem de confirmação será enviada pelo sistema. O prazo para participar desta Lista de Espera SISU normalmente começa no dia em o resultado da chamada regular é informado, durando por mais alguns dias (geralmente são 10).

Como já dito anteriormente, poderá participar da Lista de Espera SISU todo estudante que não foi selecionado na primeira chamada para a primeira opção e todo candidato que passou na segunda opção, mas que deseja tentar a segunda chance para a sua primeira opção.

Sistema Único de Saúde Divulga Cirurgias Gratuitas

Se você deseja fazer uma cirurgia plástica pelo SUS já saiba que é bastante complicado, isso porque, os bens estéticos não são cobertos pelo Sistema Único de Saúde. No entanto em alguns casos, em que a cirurgia plástica é necessária não apenas por estética, mas por saúde, a cirurgia é sim liberada. Quer saber quais são esses casos? Contaremos tudo!

Cirurgia Plástica pelo SUS

As cirurgias gratuitas pelo SUS são realizadas em hospitais públicos e até privados, além dos hospitais universitários. Pela Lei, somente alguns casos é possível fazer a cirurgia gratuita pelo sistema único de saúde. Em outras, é necessário pagar por isso. No entanto, existem diversas pessoas que necessitam da cirurgia pela saúde e não são atendidos, na maioria desses casos, após entrar com um processo elas são liberadas.

Abaixo listamos alguns dos tipos de cirurgia plástica gratuita pelo Sistema Único de Saúde:

  • Labioleporino em crianças;
  • Reconstrução mamária após remoção por câncer;
  • Queimaduras;
  • Abdominoplastia para retirada do excesso de pele após cirurgia de estômago (bariátrica);
  • Deficiência ou deformidades no rosto;
  • Fendaplalatina;
  • Catarata;
  • Vasectomia;
  • Ginecomastia;
  • Cirurgia de mudança de sexo.

Esses são apenas alguns dos casos, quando a cirurgia plástica é feita exclusivamente por fins estéticos, o mesmo não é bancado pelo SUS, apenas pela rede privada. No entanto, se a cirurgia plástica é necessária para corrigir algum problema de saúde, aí sim pode ser aprovada para ser realizada pelo SUS.

Como solicitar Cirurgia Plástica pelo SUS

Fazer uma cirurgia plástica pelo SUS é uma tarefa bastante complicada e demorada, afinal, os pedidos são vários e não é possível suprir a demanda, por isso, para agilizar o processo, é preciso seguir alguns passos:

  • Marque uma consulta com um médico do SUS com a especialidade que você deseja por meio do Cartão SUS;
  • Converse com ele sobre o seu problema e verifique se o mesmo necessita de cirurgia plástica por motivo de saúde;
  • Atestando positivo, pegue um LAUDO com o mesmo, informando os seus reais problemas e porque a cirurgia plástica é necessária;
  • Solicite ao médico que faça o pedido de Cirurgia Plástica Gratuita pelo SUS e todos os exames necessários para que o mesmo seja aprovado;
  • Depois, basta aguardar na lista de espera, caso seu pedido seja aprovado;

Caso contrário, se você necessita sem fins estéticos e não foi aprovado, você pode procurar um advogado e entrar com uma ação solicitando a cirurgia pelo SUS.

Por fim, caso você procure mesmo fazer a cirurgia gratuita pelo SUS, lembre-se de fazer todos os exames, buscar as consultas médicas e sempre consultar a lista de espera para que ninguém passe a sua frente.

Universidade Federal oferece oportunidades a todos os jovens

Gabarito ENEM 2020 – Entrar na Universidade é o sonho de muitas garotas, garotos e seus pais. Antigamente, a faculdade não era tão acessível como é hoje. Quem não tinha dinheiro para estudar, não conseguia pagar as mensalidades, logo, não conseguia colocar o ensino superior no seu currículo.

Gabarito Exame Nacional do Ensino Médio

Hoje, existem diversas universidades estaduais e federais, onde não há mensalidade e qualquer pessoa, de qualquer renda pode estudar nelas. Para as Universidades que pertencem ao governo federal, a forma de ingresso é uma única, que vem se tornando um pesadelo para os adolescentes: o ENEM.

Em 2020, mais de 8 milhões de pessoas se inscreveram em todo o Brasil. Neste momento, enquanto você lê este artigo, boa parte delas está preocupada com o final de semana tenso que ditará seus futuros, bem como estão estudando para que o Gabarito ENEM 2020 venha recheado de acertos. Neste vestibular, diferentemente da FUVEST, os diversos gabaritos são distintos entre si pelas suas cores. Em cada uma delas, há nova combinação de exercícios, evitando cópias, colas e fraudes.

Gabarito ENEM 2020

Antes de tudo, fique sossegado em relação a isso. Não existe sorte ou azar quando falamos de cores do gabarito do ENEM. Todos eles têm o mesmo grau de dificuldade, ou seja, vai ter que estudar muito para conseguir uns 130 acertos e passar sossegado suas férias, até o resultado ENEM 2020 em janeiro, quando verá pelo SISU se conseguiu nota para entrar em alguma faculdade. Existem alguns mitos em relação às cores.

Principalmente quando alguém tem alguma preferida, ou da sorte. Se você pegou o gabarito Prova Azul ENEM 2020, o máximo que pode acontecer é ela combinar com a sua masculinidade, bem como o gabarito Prova Rosa ENEM 2020, com a feminilidade. É importante nunca se confundir quanto às cores, seja no dia da prova ou quando for verificar seu resultado. No dia da Prova, será necessário marcar qual a cor da sua, bem como quando sair o Gabarito ENEM 2020, você precisa verificar corretamente para que não corrija errado, criando falsas expectativas boas ou ruins.

Por exemplo, se a fiscal te deu uma determinada cor de prova, é porque esta é diferente das dos seus companheiros. Logo, quando for verificar o gabarito, supondo que seja cinza, você deve procurar pelo gabarito Prova Cinza ENEM 2020. Há também o gabarito Prova Branca ENEM 2020, mas é quase impossível de confundir, a não ser que você seja daltônico. Neste caso, até mesmo o gabarito Prova Amarela ENEM 2020 se parecerá com a rosa ou azul. Comece a estudar desde agora, chegue na prova relaxado e otimista, pois esta é a única maneira de você conseguir preencher um gabarito de qualidade e se surpreender com o montão de acertos que você verá posteriormente. Boa sorte!

Para maiores informações e como conferir o Gabarito ENEM 2020 acesse: http://enem.inep.gov.br/.

Inep divulga datas de inscrição para Encceja

Inep – Data e horário da prova Encceja 2019/2020, como este exame geralmente acontece anualmente, podemos presumir que as inscrições estejam abertas na mesma época todos os anos. Isto é, provavelmente, as inscrições para o Encceja 2020/2020 serão disponibilizadas no fim de setembro ou início de outubro.

Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). A prova acontece em fevereiro de 2020, e o resultado final estão previstos no edital para maio de 2020.

A prova do Encceja – 2020, no nível Fundamental, será aplicada dia 21 de fevereiro de 2020, nos horários estabelecidos abaixo:

  • No período da manhã: das 08:30 às 12:30 horas.
    • Prova: Ciências Naturais e História e Geografia.
  • No período da tarde: das 14:30 às 19:30 horas.
    • Prova: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação e Matemática.

Para quem realizou sua inscrição pode solicitar já seu material de estudos totalmente grátis pelo seguinte site: www.enccejamaterialdidaticogratis.org.br. Para mais informações acesse o site: www.encceja.inep.gov.br. Bons estudos e boa sorte para todos!

Encceja 2020 Inscrições

O Encceja – Exame Nacional para Certificação de Competências de jovens e Adultos, oferece oportunidades para jovens que não tenham concluído o ensino fundamental.

As inscrições para o Encceja 2020 foram realizadas dia 08/09 para quem tiver interesse em obter o certificado para conclusão de ensino médio terá que participar do Enem 2020, pois o ano que vem as provas serão para a mesma finalidade as datas para se realizar as inscrições foi prorrogado para 14 de novembro. As provas serão aplicadas nos dias 13 e 14 de dezembro.

As inscrições são gratuitas pode ser feita pela Internet ou pelo correio, não é preciso ser matriculado em alguma escola e nem apresentar histórico escolar. Você pode obter mais informações acessando site. Aproveite!